Consórcio Grãos do Piauí vence leilão da Transcerrados

Rodovia vai impulsionar desenvolvimento econômico do Piauí, beneficiando mais de 25 municípios

Avalie a matéria:
Leilão da Transcerrados foi um sucesso | Divulgação

O Consórcio Grãos do Piauí foi vencedor do leilão da rodovia Transcerrados, o primeiro leilão do Piauí na Bolsa de Valores. O Grupo Simpar fez uma oferta de R$ 2.309 milhões e ao longo de 30 anos serão investidos R$ 800 milhões.

A vencedora, representada pela corretora Nécton Investimentos, ofertou proposta de R$ 2.309.825,00, o que representou deságio de 1,5% em relação ao valor estabelecido pelo governo.

Diretor executivo da empresa vencedora, Antonio Barreto disse que vem escolhendo os projetos com muito critério e revela estar satisfeito e com boas expectativas para contribuir com o desenvolvimento do Estado do Piauí. 

Barreto agradeceu ao trabalho do governador Wellington Dias e também da superintendente de Parcerias e Concessões Viviane Moura.

Após o leilão, Viviane Moura disse que hoje é um dia histórico para o Piauí e apontou que o estudo desse projeto começou em 2011. "Era um sonho, uma expectativa e hoje agradecemos a B3 por ter confiado no Piauí e acompanhado esse projeto", disse.

LEIA TAMBÉM: EQUIPE FEMININA LIDERA PRIMEIRO LEILÃO DO PIAUÍ NA BOLSA DE VALORES

Viviane disse que são inúmeras rodovias ofertadas no país. Mas hoje é a vez da Transcerrados, uma rodovia que vai impactar população de 25 cidades e quase 200 mil pessoas. "Será um rodovia que vai trazer desenvolvimento, será um marco que vai marcar gerações futuras. É um novo ciclo que se abre para realização de novos sonhos. O Piauí tem pressa e começa hoje um grande passo", disse Viviane.

O governador Wellington Dias agradeceu a equipe da Suparc e disse que o Consórcio Grãos do Piauí contará com um estado organizado. "O Consórcio apostou numa das regiçoes que mais cresce no Brasil, a região do MATOPIBA", disse o líder estadual, que agradeceu ainda a  presença do diretor executivo da Aprosoja, Raphael Maschio.

Segundo o governador, a Transcerrados é crucial para o desenvolvimento do Piauí, do Nordeste e do Brasil. "Acreditamos que aqui foi pactuado um bom negócio", disse.

O contrato de parceria público-privada, na modalidade Concessão Patrocinada, transfere ao Consórcio Grãos do Piauí a responsabilidade pela prestação dos serviços de conservação, recuperação, construção, manutenção, implantação de melhorias e operação rodoviária em dois trechos da rodovia Transcerrados e em um trecho da Estrada Palestina. Juntos, os trechos somam 276,8 km de extensão e abrangem 25 municípios, incluindo grandes produtores de soja no Piauí. A concessão terá prazo de 30 anos.

Finalizado o leilão, Viviane Moura disse que agora serão realizadas as etapas de análise de documetnos, constituição do SPE, apresentação do projeto de engenharia que após aprovação começa a etapa de obras. "Acredito que dentro de três a quatro meses, ou seja, no segundo semestre, devemos ter o início da obra", disse.

Além do governador Wellington Dias e Viviane Moura, participaram do leilão os secretários Osmar Júnior (Governo), Rafael Fonteles (Fazenda) e Castro Neto, diretor do Departamento de Estradas de Rodagem (DER).

Veja Também
Tópicos
SEÇÕES