Corpo de Bruno Covas, prefeito de São Paulo, é enterrado em Santos

Familiares se despedem do político no mesmo local em que o avô, Mário Covas, foi enterrado há 20 anos.

Avalie a matéria:
Bruno Covas | Leticia Gomes/G1

O corpo do prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), chegou ao Cemitério do Paquetá, em Santos, no litoral de paulista, na tarde deste domingo (16) onde foi sepultado. Familiares se despediram do político no mesmo local em que o avô, Mário Covas, foi enterrado há 20 anos, após morrer de câncer na bexiga. Covas lutava desde 2019 contra um câncer no sistema digestivo com metástase nos ossos e no fígado.

Corpo de Bruno Covas chega ao cemitério em Santos para o enterro - Foto: Leticia Gomes/G1

Bruno Covas estava internado desde 2 de maio. Na sexta-feira (14), ele teve uma piora no quadro de saúde e a equipe médica informou que seu quadro havia se tornado irreversível. De acordo com a unidade, o prefeito faleceu às 8h20 deste domingo.

Uma cerimônia foi realizada no Edifício Matarazzo, sede da prefeitura, reunindo familiares e amigos próximos, por volta das 13h. A cerimônia durou cerca de 50 minutos. Depois, o corpo de Bruno seguiu em cortejo em carro de bombeiros por ruas da Capital até a Praça Oswaldo Cruz. Durante o trajeto, na Avenida Paulista, o carro dos bombeiros foi cercado por simpatizantes que queriam se despedir e seguravam faixas e cartazes.

Cortejo fúnebre do prefeito Bruno Covas  Foto: Roberto Sungi/Futura Press/Estadão Conteúdo 

Em seguida, o cortejo com familiares a amigos próximos, incluindo o governador João Doria (PSDB), seguiu para Santos, até o Cemitério do Paquetá, onde chegou por volta das 17h40. Equipes da Guarda Civil Municipal (GCM) de Santos montaram um cerco no entorno do cemitério, para evitar aglomerações.

LEIA MAIS: Políticos lamentam a morte do prefeito de São Paulo, Bruno Covas

Bruno Covas escreveu uma carta dois dias antes de morrer; leia na íntegra

Bruno Covas morreu aos 41 anos após luta contra o câncer - Foto: TV Globo

Veja Também
Tópicos
SEÇÕES