Fim da janela eleitoral mobiliza parlamentares e esvazia Congresso Nacional

Janela vale só para vereadores, mas parlamentares articulam alianças, agendas e filiações

Fim da janela eleitoral mobiliza parlamentares e esvazia Congresso Nacional | Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado
FACEBOOK WHATSAPP TWITTER TELEGRAM MESSENGER

Após o feriado da Páscoa, é previsto um esvaziamento no Congresso, com os parlamentares retornando às suas bases eleitorais, especialmente devido à proximidade do término da janela partidária. A janela partidária é o período de um mês em que deputados e vereadores podem trocar de partido sem perderem o mandato. Este ano, o prazo vai de 07 de março até o dia 5 de abril.

SETE MESES ANTES DA VOTAÇÃO: Este prazo é iniciado durante anos eleitorais, sete meses antes do dia da votação, e se aplica exclusivamente a candidatos eleitos em eleições proporcionais. Isso engloba deputados (federais, distritais e estaduais) e vereadores que estejam no último ano de seus mandatos. 

NESTE ANO, SÓ PARA VEREADORES: Assim, esta janela de prazo se aplica exclusivamente aos vereadores, uma vez que estão no último ano de seus mandatos, e as eleições de outubro deste ano serão municipais. Em 2026, quando ocorrerão as eleições nacionais, será o momento dos deputados aproveitarem este período. 

IMPACTO EM 2026: Apesar da janela deste ano se aplicar apenas aos vereadores, deputados e senadores se engajam no processo, visitando suas bases eleitorais. Isso ocorre devido à importância das eleições municipais para os resultados futuros em 2026. Quanto mais aliados forem eleitos como vereadores e prefeitos em outubro, mais favorável se torna a reeleição dos deputados federais daqui a dois anos, já que esses políticos locais fornecerão apoio nas eleições nacionais.

ARTICULAÇÕES POLÍTICAS: Por essas razões, os parlamentares desempenham um papel ativo na articulação política, exercendo liderança local e influenciando as alianças nas eleições municipais. Muitos têm experiência prévia como prefeitos ou vereadores, consolidando sua presença nos diretórios partidários locais. O envio de emendas para seus redutos eleitorais fortalece sua credibilidade, facilitando negociações por alianças e filiações. Além disso, a busca por aliados nos municípios visa fortalecer os partidos dentro do Congresso. 

Fora da janela partidária, vereadores e deputados só podem mudar de partido se:

  • o partido tiver sido incorporado ou fundido a outro;
  • o político estiver migrando para um partido recém-criado;
  • for verificado desvio no programa partidário;
  • o político tiver sofrido grave discriminação pessoal no partido.



Participe de nossa comunidade no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link

Baixe nosso app no Iphone, clique neste link


Tópicos
SEÇÕES