Líderes presentes à cúpula do G7 visitam Memorial da Paz em Hiroshima

O Memorial da Paz foi erguido como lembrança do ocorrido em 6 de agosto de 1945, quando uma bomba atômica foi jogada na cidade pelos Estados Unidos

Avalie a matéria:
Líderes presentes à cúpula do G7 visitam Memorial da Paz em Hiroshima | Ricardo Stuckert/PR

Líderes presentes à Cúpula do G7 visitaram na noite deste sábado (20) – já manhã de domingo no Japão – o Memorial da Paz, localizado em Hiroshima. É lá que está sendo realizado o encontro entre as sete maiores economias do mundo – Alemanha, Canadá, Estados Unidos, França, Itália, Japão, Reino Unido – e oito nações convidadas, entre elas o Brasil.

Memorial da Paz foi erguido como lembrança do ocorrido em 6 de agosto de 1945, quando uma bomba atômica foi jogada na cidade pelos Estados Unidos. O episódio ocorreu durante a Segunda Guerra Mundial, ocasião em que japoneses e norte-americanos lutavam em lados opostos. O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, não participou da visita.

Os líderes presentes à solenidade posaram para fotos com a Cúpula Genbaku ao fundo. Trata-se da estrutura mais próxima do local onde caiu a bomba a manter-se em pé. Ao redor da cúpula foi construído o Parque Memorial da Paz de Hiroshima. Nele, entre outros monumentos, está o Cenotáfio. Foi lá que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e seus pares posaram para fotos e depositaram flores. Naquele local há uma inscrição que diz: “Descansai em paz, pois o erro jamais se repetirá”.

“Visita ao Parque Memorial da Paz de Hiroshima, onde depositamos flores no Cenotáfio, monumento às vítimas da bomba atômica de Hiroshima. Que a humanidade jamais veja outra tragédia como essa”, disse Lula em sua conta em uma rede social, logo em seguida.

Lula fecha segundo dia no Japão com reunião com primeiro-ministro alemão

No segundo dia de sua visita ao Japão, o presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, encerrou suas atividades com um jantar oferecido pelo primeiro-ministro japonês, Fumio Kishida, aos líderes participantes da cúpula do G7. Antes disso, Lula teve uma reunião com o primeiro-ministro da Alemanha, Olaf Scholz.

Durante o encontro, os dois líderes discutiram a busca por soluções para a reconstituição da paz na Ucrânia e a agenda ambiental. Eles também concordaram em realizar a segunda edição das Consultas Intergovernamentais de Alto Nível Brasil-Alemanha, programada para o dia 4 de dezembro, em Berlim.

(Com informações da Agência Brasil)



Participe de nossa comunidade no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link

Baixe nosso app no Iphone, clique neste link


Veja Também
Tópicos
SEÇÕES