Lula prepara reforma ministerial ampla em janeiro; Rui Costa está na mira

A reforma ministerial insere-se no padrão de ajustes que Lula costuma realizar para corrigir a trajetória do governo após o primeiro ano de gestão

Avalie a matéria:
Lula e Rui Costa | Cristiano Mariz

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) indicou aos seus colaboradores a intenção de promover uma reforma ministerial mais abrangente no início de 2024, provavelmente em janeiro. As alterações estão previstas para atingir ministros do Palácio do Planalto, e entre eles, Rui Costa (PT) é cogitado para a presidência da Petrobras, deixando a Casa Civil.

De acordo com fontes próximas ao presidente, a definição do sucessor de Flávio Dino (PSB-MA) no Ministério da Justiça também é vista como parte integrante dessa reforma planejada para janeiro. Até lá, Dino permanecerá à frente da pasta, mesmo após a aprovação de sua indicação ao STF pelo Senado, visto que sua posse no Supremo Tribunal Federal (STF) está prevista apenas para o início de fevereiro.

Há especulações sobre possíveis mudanças nos ministérios da Defesa e dos Direitos Humanos, atualmente liderados por José Múcio e Silvio Almeida, respectivamente, segundo informações de colaboradores presidenciais. A reforma ministerial, segundo auxiliares, insere-se no padrão de ajustes que Lula costuma realizar para corrigir a trajetória do governo após o primeiro ano de gestão.

Rui Costa como chefe municipal da capital baiana?

Durante um encontro informal com o ministro da Casa Civil há alguns dias, o diretor do Instituto Paraná Pesquisas, Murilo Hidalgo, abordou Rui Costa: “ministro, vou incluir seu nome nas pesquisas de intenção de voto para a prefeitura de Salvador”, anunciou.

O ministro, que ocupou o cargo de governador da Bahia até o ano passado, prontamente respondeu que não tem planos de concorrer ao cargo. “Sergio Moro me dizia a mesma coisa sobre a candidatura dele”, comentou Hidalgo.

Para mais informações, acesse MeioNorte.com



Participe de nossa comunidade no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link

Baixe nosso app no Iphone, clique neste link


Veja Também
Tópicos
SEÇÕES