Exclusivo PL no Piauí quebra o silêncio e revela se vai ter candidatos no Estado

O dirigente, no entanto, surpreendeu ao informar que o partido não pretende lançar candidaturas próprias.

Avalie a matéria:
Presidente do PL no Piauí revela número de cidades onde deve ter candidatos | Reprodução

O presidente estadual do PL no Piauí, Fabrício Aurélio, revelou ao MeioNorte.com na última segunda-feira (14), a quantidade de cidades em que a sigla deve lançar nomes para formação de chapas majoritárias, seja como candidato a prefeito ou como vice em uma composição.

O dirigente,  no entanto, surpreendeu ao informar que o partido não pretende lançar candidaturas próprias. Ele alega que a prioridade da legenda é eleger uma bancada robusta de vereadores nas próximas eleições municipais, principalmente na capital Teresina.

"Campanha de prefeito não é nossa prioridade", disse o atual presidente da legenda. Anteriormente, também questionado pela reportagem, Aurélio havia dito que o PL estudava lançar um candidato para que o teresinense tivesse legítimos candidatos conservadores.

A promessa, segundo Aurélio, continua e será seguida no próximo pleito, mas com diversos nomes para a Câmara Municipal de Teresina. A meta é eleger pelo menos 3 parlamentares.

Outro ponto revelado pelo presidente é o futuro da aliança com o bloco de partidos de oposição aos três poderes: Palácio da Cidade, Palácio de Karnak e Palácio do Planalto. No Piauí, esse bloco é composto por Progressistas, União Brasil, PSDB e o PL, conforme informado pelo líder. "Certamente o PL estará do lado oposto aos palácios", concluiu.



Participe de nossa comunidade no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link

Baixe nosso app no Iphone, clique neste link


Veja Também
Tópicos
SEÇÕES