Popularidade de Janja chama atenção de jornal francês: 'vice-presidente' de Lula

A companheira de Lula foi apontada como uma das únicas primeiras-damas brasileiras ativas politicamente

Avalie a matéria:
Presidente Lula (PT) ao lado de Janja | Ricardo Stuckert/PR

Nesta terça-feira (31/10), o renomado jornal francês Le Monde dedicou um artigo destacando Janja Lula da Silva, não apenas como primeira-dama, mas também como uma figura central na política brasileira, chegando a referir-se a ela como a "vice-presidente do Brasil", simbolizando seu envolvimento ativo e sua crescente popularidade durante o mandato do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

O texto ressalta que Janja se tornou "uma das figuras políticas mais influentes do país", sendo comparada a personalidades como Michelle Obama (EUA) e a icônica Evita Perón, que desempenhou um papel significativo na Argentina. O artigo sugere a possibilidade de Janja se tornar uma sucessora política de Lula.

"Passaram-se meses, quase um ano, e Rosângela da Silva não saiu dos palcos, muito pelo contrário. Aos 57 anos, ela se tornou até uma das figuras políticas mais influentes do país", afirma um trecho do artigo.

O cientista político Cláudio Couto destaca o perfil marcante de Janja em um Brasil ainda fortemente marcado pelo patriarcado fundamentalista. Comparando-a a outras primeiras-damas, como Ruth Cardoso, Couto enfatiza que Janja se destaca por seu papel político ativo, liderando iniciativas importantes, como a luta contra o feminicídio e a indicação de ministros, como a cantora Margareth Menezes, para a Cultura.

A comparação com Marcela Temer é evidenciada, destacando que enquanto Marcela foi descrita pela imprensa brasileira como "bela, recatada e do lar", Janja é reconhecida por seu "papel político muito ativo". O pesquisador salienta que, do seu escritório ao lado do de Lula, Janja liderou iniciativas notáveis e desempenhou tarefas desafiadoras, representando Lula em eventos importantes, como uma visita ao Rio Grande do Sul durante inundações.

Couto conclui afirmando que Janja não é apenas uma "primeira-dama decorativa", mas uma presença ativa e relevante na política brasileira.

Para mais informações, acesse MeioNorte.com

Leia Mais
Veja Também
Tópicos
SEÇÕES