Porto das Barcas e Museu do Mar serão inaugurados nesta sexta, 2

Secult vai reinaugurar o Porto das Barcas e entregar o Museu do Mar nesta sexta-feira em Parnaíba.

Avalie a matéria:
Museu do Mar | João Albert

Depois de reforma e revitalização, a reinauguração do Complexo Porto das Barcas que ocorrerá nesta sexta-feira, 2, em Parnaíba, é a realização de um sonho que será concretizado. 

Complexo cultural Porto das Barcas (Foto: João Albert)

A obra é aguardada pela população há quase 50 anos e será entregue pelo governador Wellington Dias e pelo secretário estadual da Cultura, Fábio Novo, e será transmitida ao vivo pelo canal do Youtube do governo do Estado.

A obra contemplou todo o espaço físico do Complexo, com 10 mil metros de construção recuperados, desde a estrutura, cobertura, pavimentação, esquadrias, pintura e instalações, sendo a maior obra de revitalização do patrimônio histórico piauiense, que, além disso, contempla as lojas, pousada, galpão, restaurante, e a criação da Praça das Ruínas, que vai se chamar Cosme Sousa, em homenagem ao historiador e funcionário de carreira da Secult, que idealizou esse espaço.

Valorização do conjunto arquitetônico

Além da revitalização do Porto das Barcas, houve também a valorização do conjunto arquitetônico, instalação do píer para a volta das embarcações que saem em direção a destinos turísticos na região, ateliê, biblioteca e uma museografia.

Museu do Mar será entregue nesta sexta-feira (Foto: João Albert)

Museu do Mar

Na ocasião será inaugurado também o maior do museu do Piauí, o Museu do Mar do Delta do Parnaíba Seu João Claudino, que foi criado para comportar um acervo baseado em pesquisas sobre a região. Entre as peças, está a ossada de um peixe-boi, um esqueleto de baleia cachalote, que possui 16 metros de extensão, a réplica e esqueleto de um boto cinza, um dos animais típicos do Delta do Parnaíba, além de barcos em tamanho real.

Complexo Porto das Barcas (Foto: João Albert)

Segundo o arquiteto Paulo Vasconcelos, idealizador do projeto, o acervo do Museu do Mar está dividido em três seções. Na primeira, se encontram peças e decoração que levam em consideração a etnografia, o homem do Delta e a sua relação com as atividades pesqueiras e de sobrevivência, bem como seus costumes e crenças. A segunda seção é dedicada à natureza do Delta do Parnaíba, nela são tratadas as questões ambientais, e também é nesse espaço que estão os esqueletos do boto cinza, do peixe-boi e da baleia, além de réplicas desses e de outros animais. Já a terceira seção é dedicada à tecnologia náutica e sua evolução ao longo dos anos.

Museu do Mar será entregue nesta sexta (Foto: João Albert)



Participe de nossa comunidade no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link

Baixe nosso app no Iphone, clique neste link


Veja Também
Tópicos
SEÇÕES