Prefeito alerta que bolsonarismo criou tentáculos que ameaçam a democracia

Edinho Silva destaca que o bolsonarismo vai além da figura do ex-presidente em relação a seu perigo no equilíbrio político

Avalie a matéria:
Prefeito Edinho Silva (PT) | Reprodução

O prefeito de Araraquara e nome influente do PT, Edinho Silva, expressa preocupação com a consolidação da polarização entre petistas e a extrema-direita. Em entrevista ao jornalista Guilherme Amado, Edinho, que também coordenou a comunicação na campanha do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) em 2022, alerta para os riscos dessa polarização nas eleições de 2024 e 2026. Ele destaca que o bolsonarismo vai além da figura do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), que está inelegível, e aponta que quebrar essa polarização é o principal desafio do Palácio do Planalto.

Edinho destaca a necessidade de desbloquear o diálogo e reforça que convencer aqueles que foram influenciados pelo bolsonarismo é crucial. Ele enfatiza que o bolsonarismo é mais amplo do que o próprio Bolsonaro e ressalta a importância de unificar o país no governo Lula 3. Edinho argumenta que, mesmo com os erros de Bolsonaro, o bolsonarismo persistirá, e o desafio é fazer com que o Brasil seja plural, diverso e pacífico.

“É preciso ser feito. Não é simples. Eu não simplifico as coisas. Não é da noite para o dia que você quebra o ambiente construído no país, mas nós precisamos fazer. Temos que perseguir isso a todo custo. É preciso desbloquear o diálogo. Se você não desbloqueia o diálogo, você não convence. Hoje, o maior desafio é conseguir conversar com quem não votou no Lula, é conseguir conversar com aqueles que foram hegemonizados pelo bolsonarismo. Não podemos ter dúvidas que o bolsonarismo é maior do que o Bolsonaro”, afirmou, sem apontar dedos sobre de quem é a responsabilidade por o governo não ter conseguido fazer isso.

O prefeito, que está prestes a lançar um livro sobre como Araraquara enfrentou a Covid-19 e o negacionismo bolsonarista, destaca que, caso o PT não consiga superar esse desafio, o campo progressista terá dificuldades em conter o crescimento de visões fundamentalistas, que poderão se tornar predominantes no Congresso.

Para mais informações, acesse MeioNorte.com

Leia Mais


Participe de nossa comunidade no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link

Baixe nosso app no Iphone, clique neste link


Veja Também
Tópicos
SEÇÕES