Rafael Fonteles garante crédito de R$ 1,1 milhão para 71 produtores rurais

Governador disse que o foco é priorizar micro e pequenos empreendedores do campo e da cidade

Avalie a matéria:
|

O governador Rafael Fonteles assinou nesta segunda-feira (27), no Palácio de Karnak, contrato para liberação de linha de Crédito Rural no valor de R$ 1.100.000,00, por meio da Agência de Fomento e Desenvolvimento do Estado (Piauí Fomento). Os recursos beneficiarão 71 produtores de 14 municípios em oito territórios, com a finalidade de fortalecer as atividades produtivas rurais do estado. Na ocasião, ele garantiu que a Piauí vai disponibilizar R$ 25 milhões em crédito este ano de 2023, para apoiar os micro e pequenos empreendedores.

Na solenidade, o governador afirmou que priorizar os micro e pequenos empreendedores do campo e da cidade é um dos principais focos da gestão. “Isso se faz com crédito facilitado, barato e também com assistência técnica”, disse o governador, que garantiu, na ocasião, mais do que dobrar os recursos de capital na Piauí Fomento.

Solenidade de liberação de crédito rural pela agência Piauí Fomento (Fotos: Gabriel Paulino) 

Segundo o governador, os 71 contratos assinados vão fomentar as atividades de ovinocaprinocultura, cajucultura, suinocultura, apicultura e as cadeias produtivas do estado. Em breve, voltaremos novamente para um evento semelhante, com empreendedores da cidade que têm suas lanchonetes, pequenos comércios, salão de beleza e lojas de cosméticos. São pessoas que desejam empreender e precisam de capital de giro e investimentos em máquinas, em ampliações de sede para aumentar a produção e gerar mais emprego”, disse o governador, destacando o envolvimento das prefeitos e do terceiros setor para que o estado tenha capilaridade nessa política de crédito. Ele ressaltou ainda que os convênios são cada vez mais essenciais para beneficiar as pessoas que já atuam em povoados, assentamentos, comunidades tradicionais.

Solenidade de liberação de crédito rural pela agência Piauí Fomento (Fotos: Gabriel Paulino) 

O diretor-presidente da Piauí Fomento, Feliphe Araújo, destacou a importância de investir nas pessoas que mais precisam para que elas possam ter uma renda para ter uma vida digna. “Temos uma meta ousada de geração de emprego e mão de obra no estado e esse crédito vai impactar na elevação de renda das pessoas e mais qualidade de vida para os piauienses”, disse.

Feliphe Araújo informou que está buscando parcerias. “Hoje temos acordos com o Ministério do Turismo e estamos buscando com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Banco do Nordeste (BNB) e, inclusive, com organismos multilaterais, como o Banco Mundial. para que possamos trazer esses recursos e disponibilizar, de forma simplificada e acessível, a fim de que os produtores e empreendedores rurais e urbanos possam contratar essas linhas de crédito com taxas mais baratas”, disse.

Solenidade de liberação de crédito rural pela agência Piauí Fomento (Fotos: Gabriel Paulino) 

Para o diretor da Piauí Fomento, o objetivo não é o lucro da instituição, mas o desenvolvimento dos negócios dos pequenos empreendedores. “Hoje a Piauí Fomento é a instituição que tem a menor taxa de juros no mercado piauiense. Na área rural, a taxa é 5% ao ano e no setor urbano, 1,8% ao mês, disse.



Participe de nossa comunidade no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link

Baixe nosso app no Iphone, clique neste link


Veja Também
Tópicos
SEÇÕES