VÍDEO! Lula e Milei juntos: Governo da Argentina abre a porta para encontro

Em sua primeira visita oficial ao Brasil, a chanceler argentina Diana Mondino tratou de vários temas importantes com Vieira, incluindo a cooperação em infraestrutura de fronteira, energia, defesa, melhorias na Hidrovia Paraguai-Paraná.

Avalie a matéria:
Milei e Lula próximos de um encontro | Télam (Milei)/Youtube (Lula)

Na segunda-feira, 15 de abril, a chanceler da Argentina, Diana Mondino, esteve no Brasil para uma reunião com o Ministro de Relações Exteriores, Mauro Vieira. Neste encontro, Mondino mencionou a possibilidade de uma futura reunião entre o presidente argentino, Javier Milei, e o presidente brasileiro, Luiz Inácio Lula da Silva. Durante a campanha eleitoral, Milei havia expressado críticas severas ao petista, negando qualquer interesse em se aproximar.

"A possibilidade de um encontro entre Milei e Lula está sempre presente, devemos levar em conta que a agenda internacional de ambos é complexa, mas esperamos que possa acontecer", disse Mondino.

Leia Mais

TEMAS DA PRIMEIRA VISITA - Em sua primeira visita oficial ao Brasil, Mondino tratou de vários temas importantes com Vieira, incluindo a cooperação em infraestrutura de fronteira, energia, defesa, melhorias na Hidrovia Paraguai-Paraná, além de questões relacionadas ao fortalecimento do Mercosul e outras formas de integração regional, conforme informações do Ministério das Relações Exteriores do Brasil.

QUAIS AS PARCERIAS? Mauro Vieira destacou que a parceria estratégica entre os dois países tem sido construída ao longo de décadas e afirmou que os governos estão empenhados em continuar desenvolvendo e aprofundando esses laços. Ele mencionou que, durante as discussões, foram abordados planos para modernizar as conexões rodoviárias, incluindo a ponte São Borja-São Tomé, e para a construção de um gasoduto transportando gás natural de Vaca Muerta, na Argentina, para o Brasil.

O QUE ESPERAR NO FUTURO? Em adição, Vieira salientou que eles também compartilharam visões sobre as relações bilaterais e discutiram, em conversa privada, as tendências de integração regional e o cenário atual da região.

Por sua parte, a chanceler argentina reafirmou a importância dos projetos bilaterais contínuos entre os dois países, independentemente das mudanças políticas em Buenos Aires. Mondino enfatizou que a parceria entre Brasil e Argentina é uma política de Estado consolidada e crucial para ambos os países, especialmente para a Argentina.

Veja Também
Tópicos
SEÇÕES