Alimento comum em casa danifica o cérebro e favorece Alzheimer, diz estudo

O estudo foi realizado pelo Fred Hutchinson Cancer Research Center nos Estados Unidos

Avalie a matéria:
Idoso | Reprodução/Internet

De acordo com um estudo realizado pelo Fred Hutchinson Cancer Research Center nos Estados Unidos, o consumo regular de açúcar pode aumentar o risco de desenvolvimento de doenças neurodegenerativas, como o Alzheimer. Isso ocorre principalmente devido à resistência à insulina, que é uma consequência da ingestão excessiva de açúcar. Os resultados dessa pesquisa foram publicados na revista científica PLOS Biology.

O que é a resistência à insulina? 

É uma condição na qual o corpo produz insulina, mas não consegue utilizá-la de maneira eficaz. A insulina desempenha um papel fundamental na regulação dos níveis de açúcar no sangue. Quando o corpo não consegue responder adequadamente a essa molécula, o açúcar permanece na corrente sanguínea, levando a níveis elevados de glicose no sangue.

Relação entre Alzheimer e insulina

O estudo, que empregou moscas da fruta devido à sua semelhança com os humanos, sugere que a resistência à insulina no cérebro pode prejudicar a capacidade de remover detritos neurais, que se acumulam no cérebro e aumentam o risco de doenças neurodegenerativas, como o Alzheimer. Segundo a pesquisa, uma dieta com alto teor de açúcar resultou na diminuição dos níveis de PI3k nas células gliais, indicando a presença de resistência à insulina.

“Usando moscas da fruta, os autores estabelecem que dietas ricas em açúcar desencadeiam resistência à insulina na glia, interrompendo sua capacidade de limpar detritos neuronais. Este estudo fornece informações sobre como as dietas indutoras de obesidade contribuem potencialmente para o aumento do risco de doenças neurodegenerativas”, afirmou Mroj Alassaf, principal autor do estudo.

Os pesquisadores têm a esperança de que as conclusões deste estudo possam contribuir para o desenvolvimento de terapias destinadas a diminuir o risco de desenvolvimento de doenças neurodegenerativas.

Perigos do consumo descontrolado de açúcar

O consumo excessivo de açúcar tem sido associado não apenas à resistência à insulina, mas também a várias outras condições de saúde, como obesidade, doenças cardíacas, diabetes tipo 2, certos tipos de câncer e, é claro, doenças neurodegenerativas. Embora mais pesquisas sejam necessárias para aprofundar nossa compreensão do papel exato do consumo de açúcar na saúde neurodegenerativa, a mensagem é clara: a moderação no consumo de açúcar é essencial para preservar a saúde.

Veja Também
Tópicos
SEÇÕES