Família Bolsonaro pode ocupar três vagas no Senado a partir de 2026

A confirmação da candidatura de Eduardo Bolsonaro ao Senado foi dada pelo presidente nacional do Partido Liberal, Valdemar Costa Neto, em evento da sigla no município de Campos do Jordão.

Avalie a matéria:

Além de Flávio Bolsonaro - que já é senador e tende a disputar a reeleição pelo Rio de Janeiro, a família do ex-presidente Jair Bolsonaro terá Eduardo como candidato em 2026 por São Paulo, há ainda a possibilidade da ex-primeira dama Michelle concorrer pelo Distrito Federal. Com esse indicativo e observando o forte potencial político da direita nos três entes federativos, há a grande chance do clã ocupar três cadeiras na Casa Legislativa

Eduardo, Carlos, Flávio e Michelle são alguns dos representantes da família Bolsonaro (Foto:Zeca Ribeiro / Câmara dos Deputados; Foto: Renan Olaz/CMRJ; Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado; Foto: Zack Stencil/PL) A confirmação da candidatura de Eduardo Bolsonaro ao Senado foi dada pelo presidente nacional do Partido Liberal, Valdemar Costa Neto, em evento da sigla no município de Campos do Jordão. 

Leia Mais

“Nós temos nosso candidato a senador daqui a dois anos. Isso é o futuro. Não há ninguém que trabalhe no partido, não há um político no Brasil que se dedique à causa como Eduardo Bolsonaro. Nunca vi algo assim em minha vida. E olha que eu já vi muita gente”, declarou Valdemar. 

Valdemar define Eduardo Bolsonaro como um fenômeno e prospecta que ele será o senador mais votado da história do país. Atualmente na Câmara Federal, o filho 03 de Jair Bolsonaro recebeu 1,7 milhão de votos em 2018, porém viu seu desempenho cair em 2022, ocasião em que registrou pouco mais de 700 mil



Participe de nossa comunidade no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link

Baixe nosso app no Iphone, clique neste link


Veja Também
As opiniões aqui contidas não expressam a opinião no Grupo Meio.


Tópicos
SEÇÕES