Piauí está com tendência de estabilidade nos casos de Covid-19, diz Sesapi

No mês de novembro, por três vezes não foram registrados óbitos em 24 horas até o fechamento do boletim.

Avalie a matéria:
Piauí está com tendência de estabilidade em casos de Covid-19 | Foto: Reprodução

A pandemia de Covid-19 segue em tendência de estabilidade no Piauí. Levando em consideração os últimos 14 dias, a variação de casos é de 4% com média móvel de 210 casos. As mortes provocadas pela doença caíram 26 % com média móvel de dois óbitos. No mês de novembro, por três vezes não foram registrados óbitos em 24 horas até o fechamento do boletim.

Além do significativo avanço na vacinação, Florentino Neto destaca a eficácia das medidas adotadas pelo Governo do estado no combate à pandemia e reforça que, além da imunização, o uso de máscara e o distanciamento social foram fundamentais para o Piauí alcançar os números atuais de controle do coronavírus.

Florentino Neto- Foto: SESAPI

O secretário estadual de Saúde aponta que a agilidade logística do Piauí em distribuir as doses para os municípios fez toda diferença para o sucesso da vacinação no estado e a consequente queda no número de óbitos. “Estamos otimistas, mas continuamos vigilantes em relação aos números, já que o vírus continua entre nós e só a prevenção nos protege, efetivamente, contra o ele”.

Apesar dos bons índices, Florentino Neto garante que a estrutura de leitos montada durante a pandemia permanecerá instalada por tempo indeterminado. No entanto, com a diminuição da demanda de pacientes com suspeita ou confirmação da doença, muitos equipamentos foram remanejados para atender a outras enfermidades.

“A estrutura permanece montada, com leitos de UTI atendendo exclusivamente Covid-19 nas cidades Teresina, Parnaíba, Piripiri, Picos, Oeiras, Floriano e Bom Jesus. Em caso de necessidade, elas serão remanejadas novamente”, informou o secretário. Com a queda das taxas de ocupação e internação apenas a UTI Covid de São Raimundo Nonato foi transformada em UTI geral”, disse o gestor. 

Florentino Neto afirma que o momento requer muita responsabilidade da população para que o Piauí diminua ainda mais o registro de casos e óbitos. “O relaxamento nos cuidados poderá trazer um aumento na contaminação, gerar novos casos e propiciar mais mortes. Não é o momento de abandonar a proteção ”, alerta o gestor.

Leia Mais


Participe de nossa comunidade no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link

Baixe nosso app no Iphone, clique neste link


Veja Também
Tópicos
SEÇÕES