Marta comemora Brasil sede da Copa Feminina e defende abertura no RS

Em um vídeo divulgado pela candidatura brasileira, Marta destacou a importância desse evento para o futuro do futebol feminino no Brasil, na América do Sul e no mundo.

Avalie a matéria:
Marta pede que abertura seja no Rio Grande do Sul em homenagem às vítimas da tragédia | Shutterstock

Marta, a renomada estrela do futebol feminino brasileiro, emocionou-se com a decisão de o Brasil sediar a Copa do Mundo Feminina de 2027. Aos 38 anos e jogando pelo Orlando Pride, ela celebrou a oportunidade para as jogadoras brasileiras representarem seu país diante da torcida, expressando gratidão a todos envolvidos na conquista. Em um vídeo divulgado pela candidatura brasileira, Marta destacou a importância desse evento para o futuro do futebol feminino no Brasil, na América do Sul e no mundo.

Ela também fez um apelo especial para que o jogo de abertura da Copa seja realizado no Rio Grande do Sul, em solidariedade às recentes tragédias causadas pelas chuvas e enchentes no estado. Enquanto a estreia da seleção brasileira feminina está prevista para o Maracanã, Marta expressou o desejo de que o Beira-Rio, em Porto Alegre, seja o palco desse importante momento.

2027

O Brasil foi escolhido como sede da Copa do Mundo Feminina de 2027 por uma votação de 119 a 78 durante o Congresso da Fifa, realizado em Bangkok, Tailândia, nesta sexta-feira.

Leia Mais

Em abril, Marta anunciou seus planos de se aposentar da seleção brasileira em 2024, indicando que os Jogos Olímpicos de Paris podem marcar sua despedida dos gramados internacionais.

Veja Também
Tópicos
SEÇÕES