Senadores pedem apuração de falas de Textor sobre manipulação no Brasileirão

Embora o documento não tenha caráter obrigatório, fica a cargo do diretor da PF, Andrei Rodrigues, decidir se dará início à investigação.

Envio do pedido foi anunciado pelo senador Jorge Kajuru; John Textor está sob investigação | Divulgação/Montagem
FACEBOOK WHATSAPP TWITTER TELEGRAM MESSENGER

Nesta quarta-feira (3), senadores encaminharam à Polícia Federal um requerimento para a abertura de uma investigação sobre as declarações do proprietário da Sociedade Anônima do Futebol (SAF) do Botafogo, John Textor, que vem alegando (sem apresentar provas) possíveis manipulações de resultados no Brasileirão de 2023.

PF decide - Embora o documento não tenha caráter obrigatório, fica a cargo do diretor da PF, Andrei Rodrigues, decidir se dará início à investigação.

As declarações de Textor já estão sob investigação na Justiça Desportiva, porém, o empresário tem ignorado os pedidos para apresentação de evidências, afirmando que só divulgará o material ao Ministério Público Federal.

Documento - O envio do pedido foi anunciado pelo senador Jorge Kajuru (PSB-GO) durante a sessão plenária de terça-feira. Após seu pronunciamento, os senadores Eduardo Girão (Novo-CE) e Carlos Portinho (PL-RJ) também manifestaram interesse em assinar o documento.

Leia Mais

Kajuru solicita provas - "Encaminhei à Polícia Federal, ao diretor Andrei, um requerimento para convocar esse cidadão americano, residente no Rio de Janeiro, proprietário do Botafogo do Rio, para que, em 24 horas, compareça a Brasília e apresente as provas e as gravações", declarou Kajuru no plenário.

O líder do PSB no Senado classificou as declarações de Textor como irresponsáveis e sugeriu que, caso não consiga comprovar suas afirmações, ele deveria ser detido.

"Para mim, se ele não trouxer as provas e as gravações, deveria ser preso aqui amanhã – cela, algemas", enfatizou.

O senador Eduardo Girão acrescentou que as acusações feitas por Textor representam um ataque que afasta a população de um "patrimônio do povo brasileiro".

Senador se posiciona - "O que estamos testemunhando com essas denúncias são suspeitas que afastam as famílias de acompanharem uma paixão nacional", afirmou o senador cearense. No requerimento encaminhado à PF, os senadores destacam que a Polícia Federal, devido à sua competência e imparcialidade, é a instituição mais apropriada para conduzir essa investigação, assegurando a transparência e eficácia do processo.



Participe de nossa comunidade no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link

Baixe nosso app no Iphone, clique neste link


Tópicos
SEÇÕES