Barreiras tentam impedir que botijões de gás se espalhem na cidade de Canoas-RS

Botijões flutuaram e ficaram à deriva após o aumento do nível de rios. Mais de 60% de Canoas foi inundada

Avalie a matéria:
Botijões que flutuaram estão vazios; barreiras de contenção foram instaladas | Foto: Divulgação/Copa Energia
FACEBOOK WHATSAPP TWITTER TELEGRAM MESSENGER

Foram colocadas barreiras de contenção para evitar que a água arrastasse os botijões de gás da distribuidora durante a enchente em Canoas, na Região Metropolitana de Porto Alegre. Com o aumento do nível da água, os botijões começaram a flutuar e se acumular na área da distribuidora, representando um potencial perigo para a segurança pública

MANTENDO O MONITORAMENTO

Diante dessa situação, a Copa Energia, empresa responsável pelos botijões, mobilizou uma equipe especializada para avaliar o cenário e tomar as medidas necessárias. Segundo a empresa, os botijões estão vazios. Apesar disso, "está sendo mantido o monitoramento de segurança do local".

CANOAS INUNDADA

As inundações dos rios Sinos e Jacuí devastaram Canoas, na Região Metropolitana de Porto Alegre, cobrindo mais de 60% da área urbana da cidade. A tragédia deixou cerca de 40 mil pessoas desabrigadas, necessitando de assistência nos abrigos públicos providenciados pela prefeitura.

SITUAÇÃO NO RIO GRANDE DO SUL

Conforme a Defesa Civil, o estado contabiliza 151 óbitos devido aos temporais e enchentes, com 104 pessoas ainda desaparecidas e 806 feridas. Além disso, no Rio Grande do Sul, há 617 mil deslocados, um contingente superior à população de oito capitais brasileiras.  

NOTA DA EMPRESA

"Devido aos recentes eventos climáticos que afetaram o Rio Grande do Sul, a unidade operacional de Canoas (RS) da Copa Energia, localizada ao lado do Rio Jacuí, sofreu alagamento parcial que atingiu a área de armazenagem de recipientes transportáveis de GLP vazios (botijões de gás), que flutuaram e se deslocaram dentro do perímetro da empresa. Equipes especializadas foram acionadas. Barreiras de contenção foram instaladas e está sendo mantido o monitoramento da segurança do local. A Copa Energia está vigilante com a situação das suas instalações e cuidando dos seus colaboradores, enfrentando os desafios com união e apoiando o Estado do Rio Grande do Sul".



Participe de nossa comunidade no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link

Baixe nosso app no Iphone, clique neste link


Tópicos
SEÇÕES