Enfermeira piauiense assassinada no Ceará denunciou ex-colega de trabalho por ameaça

Jandra Mayandra foi assassinada por um motociclista no bairro Pirambu após uma possível discussão de trânsito

Avalie a matéria:
Enfermeira piauiense assassinada dentro do carro em Fortaleza | Fotos: Reprodução/Rede Social e Paulo Cardoso/ SVM

A Polícia Civil está investigando se as ameaças de morte sofridas nas redes sociais pela enfermeira piauiense Jandra Mayandra da Silva Soares, que foi assassinada a tiros por um motociclista, estão relacionadas ao crime. Jandra havia previamente denunciado uma ex-colega de trabalho por essas ameaças.

A enfermeira foi morta com disparos de arma de fogo, na quarta-feira (15), no bairro Pirambu, em Fortaleza-CE. O suspeito do crime é um motociclista, que teria discutido com a vítima instantes antes do crime, conforme testemunhas.

Após receber ameaças por meio de mensagens nas redes sociais, Jandra Mayandra registrou um boletim de ocorrência em Fortaleza. As ameaças foram atribuídas a uma ex-funcionária de um local onde Jandra havia trabalhado. A ex-funcionária alegava que Jandra seria responsável por sua demissão. 

BRIGA NO TRÂNSITO

De acordo com relatos de testemunhas, a enfermeira voltava do trabalho em companhia de outra mulher quando, em um semáforo, o motociclista colidiu na traseira de seu carro. Apesar do incidente, a vítima continuou seu trajeto, mas pouco depois o mesmo motociclista atingiu o retrovisor do veículo.

Uma discussão entre a vítima e o suspeito se seguiu. Próximo a outro semáforo, o homem disparou três vezes contra a enfermeira, que morreu no local. A passageira que a acompanhava não sofreu ferimentos, enquanto o criminoso fugiu da cena do crime.

Natural de Floriano, município localizado na região sul do Piauí, Jandra Mayandra exercia o cargo de gerente administrativa no Hospital Dr. Oswaldo Cruz (Hdoc), em Fortaleza. A unidade emitiu uma nota de pesar lamentando profundamente o falecimento da profissional de saúde.

O QUE DIZ A POLÍCIA?

A Secretaria de Segurança do Ceará comunicou que as investigações estão sob responsabilidade da 8ª Delegacia do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (8ª DHPP), e que a perícia já foi acionada. Além disso, foi disponibilizado um canal de contato para possíveis denúncias.

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informa que equipes da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) e da Polícia Militar do Ceará (PMCE) foram acionadas, nessa quarta-feira (15), para uma ocorrência de homicídio no bairro Pirambu - Área Integrada de Segurança 8 (AIS 8) da Capital. De acordo com as primeiras informações policiais, a vítima de sexo feminino, ainda não identificada formalmente, foi morta por disparos de arma de fogo após uma suposta discussão no trânsito. Uma equipe da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) também foi acionada e compareceu ao local da ocorrência, onde foram colhidos indícios que subsidiarão os trabalhos policiais. As investigações estão a cargo da 8ª Delegacia do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (8ª DHPP) da Polícia Civil.

Denúncias

A população pode contribuir com as investigações repassando informações que auxiliem os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas para o número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ou para o (85)3101-0181, que é o número de WhatsApp, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem, áudio, vídeo e fotografia.  

As informações também podem ser encaminhadas para o telefone (85)3257-4807, do DHPP, que também é o WhatsApp do Departamento. O sigilo e o anonimato são garantidos.

HOSPITAL HDOC FORTALEZA LAMENTA MORTE

O hospital onde Jandra trabalhava como Gerente Administrativa lamentou o ocorrido. "O Hospital HDOC Fortaleza manifesta o mais profundo pesar pelo falecimento da nossa Gerente Administrativa Jandra Mayandra. Desejamos os mais sinceros sentimentos à família e amigos neste momento de luto", diz a nota.

CONSELHO DE ENFERMAGEM LAMENTA MORTE

O Conselho Regional de Enfermagem do Ceará (Coren-CE) se manifestou pela morte de Jandra. "É com profundo pesar que o Conselho Regional de Enfermagem do Ceará lamenta o falecimento da enfermeira Jandra Mayandra da Silva Soares, colaboradora do Hospital HDOC Fortaleza. Expressamos nossos mais sinceros sentimentos aos familiares e colegas de enfermagem", diz a nota.

Veja Também
Tópicos
SEÇÕES