Mãe e três filhos são assassinados dentro da própŕia casa no Mato Grosso

O indivíduo suspeito da chacina foi detido na manhã desta segunda-feira e conduzido à delegacia

Avalie a matéria:
Família é morta dentro de casa no MT | Reprodução

Uma mãe e seus três filhos foram assassinados dentro da própria casa, em Sorriso, a 420 km de Cuiabá, nesta segunda-feira (27). Os corpos encontrados pela polícia foram identificados como Cleici Calvi Cardoso, 46 anos, Miliane Calvi Cardoso, 19 anos, Manuela Calvi Cardoso, 13 anos e Melissa Calvi Cardoso de 10 anos. 

Conforme informações da polícia, as quatro vítimas foram localizadas com ferimentos no pescoço e evidências de abuso sexual, sendo que três delas estavam despidas. O indivíduo suspeito da chacina foi detido na manhã desta segunda-feira e conduzido à delegacia de Sinop. Ele seria um trabalhador em uma construção adjacente à residência das vítimas.

(Foto: TV America )

O delegado encarregado do caso, Bruno França Ferreira, relatou que o suspeito, após o crime, ainda teria levado algumas peças de roupa íntima pertencentes às vítimas.

O sargento Thalmir Ferreira, porta-voz do Corpo de Bombeiros, informou que a Polícia Militar foi acionada pelos vizinhos ao notarem a ausência da família durante o final de semana.

"Várias das vítimas tinham perfurações de faca. Com certeza, tentaram se defender. Quando estávamos procurando o acesso para entrar na casa, estávamos pensando em arrombar a porta principal, mas uma janela já estava arrombada", disse.

A Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec-MT) e uma equipe de investigação da Polícia Civil também estão no local.

Suspeito estava foragido por outros crimes

O principal suspeito de ter cometido a chacina, foi preso ainda na segunda-feira (27). De acordo com a polícia, ele estava foragido por crime sexual no município de Lucas do Rio Verde, a 360 km da capital, e por latrocínio em Mineiros, Goiás. 

(Foto: Reprodução)

De acordo com a polícia, o suspeito ingressou no local através da janela do banheiro. Ao ser questionado pelos agentes, o investigado demonstrou nervosismo e admitiu a autoria do crime.

Durante o interrogatório, ele confessou que invadiu a residência das vítimas na noite de sexta-feira (24), após consumir substâncias entorpecentes. A intenção inicial era cometer um roubo, mas ao ser confrontado pela mãe das meninas, ambos entraram em confronto físico, resultando no ataque à mulher com uma faca. Nesse momento, a filha mais velha saiu do quarto para auxiliar a mãe e também foi alvo do agressor. Posteriormente, o suspeito admitiu ter perpetrado os homicídios das outras duas vítimas, ambas menores de idade.

Durante o desenrolar do interrogatório, o investigado relatou que deixou a residência pela mesma janela por onde entrou, retornando à obra onde retirou as roupas manchadas de sangue e as guardou em um contêiner. As vestimentas foram localizadas pela polícia e encaminhadas para perícia, incluindo uma peça de roupa íntima de uma das vítimas.

O investigado foi transferido para a Penitenciária Dr. Osvaldo Florentino Leite Ferreira, em Sinop, a 503 km de Cuiabá. O delegado responsável pelo caso, Bruno França Ferreira, afirmou que a Polícia Civil continuará a investigação para determinar se há mais pessoas envolvidas no crime.

Veja Também
Tópicos
SEÇÕES