Policial militar é assassinado a tiros durante trajeto até o trabalho

As autoridades do Ceará investigam as circunstâncias que motivaram o crime

Policial é assassinado a tiros durante trajeto até o trabalho no CE | Reprodução
FACEBOOK WHATSAPP TWITTER TELEGRAM MESSENGER

Na manhã desta quarta-feira (3), um sargento da Polícia Militar foi morto a tiros enquanto realizava o trajeto de moto na Rua Vitória Régia, no Bairro Parque Santa Rosa, em Fortaleza. O crime ocorreu por volta das 5h. Identificado como o 3º sargento Antônio Carlos, a vítima estava à paisana e a caminho do quartel quando foi alvejada pelos disparos, ele morreu ainda no local. De acordo com a polícia, a arma e a mochila da vítima não foram levadas. 

A motivação do crime ainda não foi esclarecida pelas autoridades. Equipes da Polícia Militar foram alertadas sobre o caso e estão acompanhando a situação. A corporação destacou que as forças de inteligência e o policiamento estão empenhados em identificar e capturar os responsáveis.

OUTROS CASOS SEMELHANTES

Na noite do dia 18 de janeiro, a policial militar Sabrina Freire Romão Franklin, de 30 anos, morreu após ser baleada durante uma tentativa de assalto em Parelheiros, Zona Sul de São Paulo. Enquanto trafegava pela estrada Ecoturística de Parelheiros em sua moto, Sabrina foi abordada por dois homens em outra moto, os quais anunciaram o assalto e a derrubaram do veículo. Mesmo caída, os assaltantes dispararam contra ela.

As câmeras de segurança da rodovia registraram o momento do crime, mostrando os criminosos retornando ao local para recuperar um objeto próximo à policial. Suspeita-se que tenham levado a arma da soldado, já que não foi encontrada no local. Sabrina foi levada ao Hospital Parelheiros, mas não resistiu aos ferimentos, conforme comunicado pela Secretaria da Segurança Pública (SSP), que lamentou profundamente o falecimento da policial, ressaltando sua atuação na 3ª Cia do 22 BPM/M. O incidente foi registrado como latrocínio no 101° DP.

EM MINHAS GERAIS

Um policial militar foi atingido por disparo de arma de fogo na cabeça durante uma abordagem realizada contra suspeitos na noite do dia 5 de janeiro em Belo Horizonte, capital de Minas Gerais. Após os disparos, o autor dos tiros fugiu do local. O PM, de 27 anos, foi internado em estado grave em um hospital da cidade, no entanto, não resistiu e morreu dois dias depois. 

O agente estava em serviço quando avistou os suspeitos e decidiu abordá-los, quando foi fatalmente baleado. Os suspeitos do crime foram presos.



Participe de nossa comunidade no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link

Baixe nosso app no Iphone, clique neste link


Tópicos
SEÇÕES