Governo Lula importará toneladas de arroz para controlar preço após enchentes no RS

A importação de 100 mil toneladas de arroz descascado e empacotado de países do Mercosul, especialmente do Paraguai

Avalie a matéria:
Presidente Lula discursando sobre enchentes no RS (à esquerda) e pacotes de arroz de 5kg (à direita) | Montagem/MeioNews
FACEBOOK WHATSAPP TWITTER TELEGRAM MESSENGER

O governo Lula (PT) está implementando medidas para assegurar que o preço do pacote de 5 quilos de arroz não ultrapasse os R$ 20 para os consumidores finais, em meio às preocupações com o aumento dos preços devido às chuvas no Rio Grande do Sul, responsável por 70% da produção nacional. Para isso, planeja importar até 1 tonelada do cereal, subsidiando em média R$ 5 por pacote para manter o valor final.

IMPORTAÇÃO DE TONELADAS: Nessa iniciativa, a importação de 100 mil toneladas de arroz descascado e empacotado de países do Mercosul, especialmente do Paraguai, será priorizada devido à vantagem de isenção tributária. Contudo, visando atingir a meta de 1 milhão de toneladas, o governo planeja explorar outros mercados como Tailândia e Vietnã, dada a limitação de importação apenas dos países do Mercosul.

Lula convoca ministros para discutir sobre as enchentes no RS - Foto: Brenno Carvalho

LANÇAMENTO DE EDITAIS: Para viabilizar a operação, serão publicados dois editais, um para importação pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) e outro para distribuição. Prevê-se o lançamento do primeiro edital ainda nesta semana, com embarques planejados para iniciar na próxima. O governo ressalta que grandes redes de supermercados não necessitarão de apoio, considerando que já estão sendo abastecidas por empresas privadas que importam arroz de outros países, como a Tailândia.

AJUDA DOS BRICS: A presidente do Banco do Brics, Dilma Rousseff, anunciou nesta terça-feira (14) uma importante iniciativa para auxiliar o Rio Grande do Sul em meio às devastadoras enchentes que assolam o estado. O Novo Banco de Desenvolvimento (NDB) liberará US$ 1,115 bilhão, aproximadamente R$ 5,750 bilhões, para a reconstrução da infraestrutura urbana e rural nas áreas afetadas desde o final de abril. A medida visa contribuir para a retomada da vida gaúcha, conforme afirmou Dilma em uma rede social.

Parceria provisória entre Lula e Eduardo Leite em prol do RS - Foto: Ricardo Stuckert/PR

Para mais informações, acesse meionews.com

Leia Mais


Participe de nossa comunidade no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link

Baixe nosso app no Iphone, clique neste link


Tópicos
SEÇÕES