Governo Lula vai instalar autoridade federal no RS até o fim da calamidade

O propósito é que esse coordenador atue como representante direto do presidente no processo de reconstrução estadual. Detalhes específicos sobre as funções ou a estrutura dessa autoridade ainda estão sendo definidos.

Avalie a matéria:
A ideia de estabelecer essa autoridade surgiu em uma reunião ministerial conduzida pelo presidente Lula (PT) na segunda-feira (13). | Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
FACEBOOK WHATSAPP TWITTER TELEGRAM MESSENGER

O ministro da Casa Civil, Rui Costa, revelou que o governo federal planeja instalar uma autoridade federal no Rio Grande do Sul em resposta à situação de calamidade que assola o Estado desde 29 de abril. Durante uma entrevista no programa Estúdio i da GloboNews, ele mencionou que o presidente Lula (PT) expressou a intenção de nomear um representante federal para supervisionar inicialmente os esforços de reconstrução.

A ideia de estabelecer essa autoridade surgiu em uma reunião ministerial conduzida pelo presidente Lula (PT) na segunda-feira (13). O propósito é que esse coordenador atue como representante direto do presidente no processo de reconstrução estadual. Detalhes específicos sobre as funções ou a estrutura dessa autoridade ainda estão sendo definidos.

Leia Mais

O ANÚNCIO DO INDICADO - O ministro afirmou que o presidente Lula deverá anunciar o nome do indicado para esse cargo na quarta-feira (15). Entre os possíveis candidatos estão Wolnei Wolf, secretário nacional de Proteção e Defesa Civil, e Edegar Pretto, diretor-presidente da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), conforme informações do colunista Valdo Cruz.

ATENÇÃO À RECONSTRUÇÃO - Em outra entrevista à GloboNews, no programa Em Ponto, Wolf comparou a futura autoridade federal à Autoridade Pública Olímpica, instituída para os Jogos Olímpicos de 2016 no Rio de Janeiro. Essa autoridade era uma autarquia federal temporária com autonomia operacional e financeira, vinculada ao Ministério do Esporte. Wolf sugeriu que a nova autoridade teria um papel semelhante, oferecendo suporte substancial do governo federal para a realização de grandes obras e infraestrutura resiliente no estado. A estrutura específica dessa nova entidade ainda está sendo elaborada pela Advocacia-Geral da União (AGU).



Participe de nossa comunidade no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link

Baixe nosso app no Iphone, clique neste link


Tópicos
SEÇÕES